Enviando...

39.7k visualizações

Terça, 10 de maio de 2016 às 15:09:59 horas por Redação Boa Diversão

10 lugares para comer cachorro-quente no Rio de Janeiro

Iguaria ganha versões gourmetizadas com pães e molhos especiais, salsichas e linguiças artesanais

  • compartilhar

  • whatsapp Google+

 Foto: Tomás Rangel

“Fera” com salsicha viena, cheddar e ketchup de bacon  

Depois da explosão de sabores de hambúrgueres, parece que o hot dog é o queridinho da vez. Bares, restaurantes e os food trucks, é claro, investem na iguaria, dando aquela “gourmetizada” com recheios, molhos e salsichas e linguiças artesanais. Selecionamos 10 lugares pelo Rio onde é possível experimentá-lo.

Em Botafogo, a novidade é o Yolo, dos mesmos responsáveis pelo Caverna. A casa dispõe de três tipos de salsicha: viena, de cordeiro e vegana. O cliente pode escolher uma das cinco receitas prontas de hot dog ou montar o próprio com 15 toppings. Entre as opções estão cebola frita, aioli, salsa de tomate com cebola roxa, maionese sriracha, molho de gorgonzola, farofa de nachos, chutney de banana da terra ao curry, guacamole, relish de pepino com menta, e muito mais.

Foto: Tomás Rangel

Ambiente do Yolo, na Mena Barreto, em Botafogo

E por falar em Caverna, por lá o destaque é o lamb dog. A chef Aline Tavares serve o sanduíche na baguete recheado com linguiça de cordeiro, coalhada seca com zaatar e cebola frita.

Foto: Lipe Borges

Lamb dog do Caverna

Pepperdog, em Botafogo, aposta em salsicha artesanal feita na própria cozinha da casa sendo a americana (tradicional), Brasileira, Vegana e Vegetariana. O cliente pode montar o próprio sanduíche com direito a até três acompanhamentos.

Foto: Raphael Medeiros

Cheesedog, Pepperdog, Pepperdog jumbo e Cheesedog jumbo do Pepperdog

No Café Carandaí, localizado nos fundos da delicatessen Casa Carandaí, no Jardim Botânico, a pedida é o cachorro-quente servido no pão de leite produzido no local, salsicha Éder feita com carne de aves, toucinho suíno, cebola, pimenta branca e coentro.

Na Deli 43 o cliente pode escolher o tipo de pão que prefere, entre baguete da casa, pão preto ou de leite. O recheio pode ser de linguiça (suína, frango ou calabresa) ou salsicha (vitela, frankfurter, branca ou frango) e os adicionais como cebola na chapa, batata palha e ovo.

Foto: Tomas Rangel

Opção do Empório Jardim

Já na charmosa padaria, bistrô e deli Empório Jardim, o cachorro-quente é feito com duas salsichas especiais tipo Frankfurt, queijo brie derretido, molho de mostarda Dijon e molho a campanha especial.

No SOBE, o chef Mauricio Pinkusfeld prepara o cachorro-quente da casa com linguiça, cebola roxa, queijo prato e molho Dijon.

Foto: Derek Mangabeira

Sugestão do SOBE, no Jardim Botânico

Na tradicional rede de pés-limpos Botequim Informal, o clássico hot dog ganha nova versão criada pela chef Karla Keide. Vem acompanhado de salsicha Frankfürter, relish de pepino, queijo cheddar, mostarda escura e catchup e servido no pão de leite.

No Calavera Kitchen & Bar no Humaitá, a pedida é o Calavera Dog no pão de miga recheado com chistorra e queijo Serra da Canastra. 

No Armazém São Jorge, em Niterói, tem dois hotdogs no cardápio. Um deles, o Hot Dogão do Jorge cem com 200g de Linguiça Artesanal de Costela com bacon, queijo e molho chimichurri da casa e o Hot Dogão Alemão com 200g de Linguiça Artesanal de pernil com bacon, Cole slaw (salada de repolho) e maionese caseira de limão siciliano e páprica picante.

Foto: Bruno Rodrigues

Hot Dog Alemão do Armazém São Jorge

E para quem não curte as "firulas" e não abre mão do bom e velho “podrão”, tem o cachorro-quente do Oliveira, lá na Rua Humaitá.

*Matéria atualizada em maio de 2016

  • compartilhar

  • whatsapp Google+
Notícias relacionadas » veja mais notícias
fotos e vídeos relacionados

Opinião dos usuários (0)

    top 5
    1. 1

      Planeta Sushi - Shopping...

      Barra da Tijuca 134809

    2. 2

      Bla Blá Champanheria

      Barra da Tijuca 122558

    3. 3

      Guacamole

      Jardim Botânico 67733

    4. 4

      Boteco Cabidinho

      Botafogo 54612

    5. 5

      Paris 6

      Barra da Tijuca 42926

    lista completa de mais acessados »
    1. 1

      Balada Mix - Barra

      Barra da Tijuca 12

    2. 2

      Guacamole

      Jardim Botânico 11

    3. 3

      Rota 66

      Tijuca 11

    4. 4

      Boteco Cabidinho

      Botafogo 11

    5. 5

      Shenanigan's

      Ipanema 10

    lista completa de mais favoritos »
    Mais recentes
    • Fabrizio Lombardo:

      Qué días es esto?

    • Larissa Costa:

      Olá, a data foi divulgada errada, o show será no domingo, dia 23/10 e não no sábado!

      O link do evento no facebook:

      https://www.facebook.com/events/1179321258777815/

    • Flávio Cavicchiolli:

      Austria também!!!!

    • Rosana Correa:

      Bom demais!!!! Ótima pedida para o feriado!!!!

    • JP Silva:

      Muito bom!
      Recomendo!

    • ARYANE VERLY:

      Inicialmente gostaria de registrar que frequento o Reveillón neste quiosque desde 2011. Sempre adquiri meu ingresso com antecedência, pela experiência positiva experimentada em 2011. Porém, neste ano de 2015, ao comprar o ingresso, diretamente no quiosque, como sempre faço, fui informada pelo Sr. Breno, de que, o local que antes se chamava " Itaipava", agora estava sob nova administração, sendo o mesmo um dos proprietários. Nessa oportunidade, o Sr. Breno garantiu que a qualidade anterior seria mantida, inclusive, os aspectos relacionados à segurança, conforto, refeições e bebidas. Entretanto, o que ocorreu foi bem diferente. As bebidas não foram distribuídas conforme divulgado na venda, não tendo sido servido CAIPIROSKA, E SIM APENAS CAIPIRINHA, POIS SÓ HAVIA CACHAÇA. MUITAS PESSOAS PESSOAS FICARAM SEM MESA E SEM LUGAR PARA SENTAR-SE, O QUE É UM VERDADEIRO ABSURDO. A DISTRIBUIÇÃO DE ESPUMANTE FOI MUITO DIFERENTE DOS ANOS ANTERIORES, POIS SÓ FOI SERVIDA 1 GARRAFA DE ESPUMANTE PARA CADA 4 PESSOAS, ÀS 23:50 (DETALHE O ESPUMANTE ERA SALTON BRUT, QUE CUSTA EM MÉDIA R$ 25,00), E CADA CIDADÃO DESEMBOLSOU PELO MENOS R$ 600,00 PARA PASSAR POR ESSA SITUAÇÃO LAMENTÁVEL. PARA COMPLETAR TAMANHA NOITE DE DECEPÇÃO E FALTA DE RESPEITO COM OS CONSUMIDORES, A SEGURANÇA QUE ESTAVA MUITO AQUÉM DO QUANTITATIVO DOS ANOS ANTERIORES, NÃO CONSEGUIU PRESERVAR O ESPAÇO RESTRITO AOS PAGANTES, E OCORREU UMA INVASÃO EM MASSA, DE CERCA DE PELO MENOS 200 PESSOAS, CRIANDO UMA SITUAÇÃO DE DESESPERO E ALTO RISCO A TODOS OS FREQUENTADORES. É IMPORTANTE FRISAR, QUE NOS ANOS ANTERIORES TODOS OS COMPROMISSOS ASSUMIDOS PERANTE AOS CONSUMIDORES FORAM RESPEITADOS: EXISTIA VODKA PARA CAIPIROSKA, O ESPUMANTE ERA LIBERADO SEM RESTRIÇÃO, A SEGURANÇA PRESERVOU O ESPAÇO E A INTEGRIDADE DAS PESSOAS. ALIÁS, A SITUAÇÃO RELATIVA AO ESPUMANTE FOI MUITO ESTRANHA, POIS QUANDO QUESTIONEI O SR. SÉRGIO (GERENTE DO ESTABELECIMENTO) E O SR. BRENO, OS MESMOS ESTAVAM COBRANDO R$ 140,00 POR UMA GARRAFA DE ESPUMANTE (SALTON BRUT), MESMO CONSTANDO NO PACOTE QUE ESTA BEBIDA ESTARIA INCLUÍDA. AGUARDO CONTATO DE INTERESSADOS, QUE TAMBÉM SE SENTIRAM LESADOS, A FIM DE ESTUDAR MEDIDAS CABÍVEIS.