Enviando...

13.3k visualizações

Quarta, 10 de outubro de 2012 por Redação Boa Diversão

Os “baixos” favoritos da cidade

Listamos os seis "points" com maiores concentrações de bares do Rio

  • compartilhar

  • whatsapp Google+

Que o carioca gosta de um papo de bar, não é novidade. Os pés-sujos e pés-limpos do Rio de Janeiro se misturam em tradicionalismo, história e inovação. Seja num cenário perto da praia, no fervo da Lapa, ou nas praças movimentadas, o clima boêmio já está enraizado na cultura da cidade.

Listamos abaixo seis “points”, conhecidos como “baixos”, preferidos da galera que curte jogar conversa fora em uma mesa de bar.

Com diversos bares, a região do Baixo Barra é bem movimentada. Ao longo da avenida Olegário Maciel, casas como o Bar 399, o Jota Ó e o SporTV Point atraem todo o tipo de clientes para ver as lutas e jogos de futebol.

Na Praça Varnhagen, no Baixo Tijuca, as opções também são fartas. Casas como o Buxixo, o bar Opção na Brasa ou o Só Kana são típicos de reuniões de amigos para tomar um chope. Já aqueles que preferem petiscos diferenciados, uma boa alternativa é o Rota 66, com uma típica cozinha “tex-mex”.

A região do Baixo Gávea tem por tradição a vasta quantidade de clientes em pé. Sem muitas firulas, destaca-se o B.G. Bar, que oferece apenas o básico para quem quer apenas curtir uma noite de boteco com os amigos. Próximos estão ainda o Bar do Alemão, Braseiro da Gávea, Pe´ahi, entre outros.

Em Botafogo, a aglomeração fica na Voluntários da Pátria, próximo à Praia de Botafogo, e nas redondezas, com bares como o Shooters, especializado em drinques, Odorico, Colarinho.

No Baixo Leblon, as bebidas se juntam aos petiscos. Na Academia da Cachaça, a invenção brasileira tem destaque de maneira pura ou nos diversos drinques da casa. Para agradar o estômago, o Bar do Adão oferece cerca de 60 sabores de pastel, entre doces e salgados.

Discreto, mas não muito escondido, o Baixo Humaitá fica entre as ruas Capitão Salomão e Visconde de Caravelas. O destaque vai para a disputada varanda do bar O Plebeu. Já o Botequim Informal é frequentado pelos apreciadores de um “pé-limpo”, cujo cardápio oferece muitos petiscos. Descendo um pouco a rua, encontra-se o Meza bar e o doiZ, duas criações de Fabio Battistella, e também dono do Barzinho, mais novo empreendimento da Lapa.

  • compartilhar

  • whatsapp Google+
Google Maps
Notícias relacionadas » veja mais notícias

Opinião dos usuários (0)

    top 5
    Mais recentes
    • Viviane S. Ferreira de Mendonça:

      Gostaria de saber se a compra de ingresso meia entrada é filiada a algum banco ou se refere mesmo a idosos e etc?

    • Ana Paula Carminati:

      poxa muito caro meus filhos se animaram mais este valor nao da,

    • Larissa Costa:

      Olá, a data foi divulgada errada, o show será no domingo, dia 23/10 e não no sábado!

      O link do evento no facebook:

      https://www.facebook.com/events/1179321258777815/

    • Flávio Cavicchiolli:

      Austria também!!!!

    • Rosana Correa:

      Bom demais!!!! Ótima pedida para o feriado!!!!

    • JP Silva:

      Muito bom!
      Recomendo!